Os operadores Marítimo-Turísticos e a defesa dos golfinhos do Sado

Imagem: SadoArrábida

A tese defendida pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), e o estudo de impacto ambiental do novo projecto do Porto de Setúbal, referente às novas dragagens, apontam as empresas Marítimo-Turísticas como principal fonte de perturbação dos golfinhos do Sado. A verdade é que estas empresas têm tido um papel fundamental na defesa desta comunidade de roazes.

Leia o nosso alerta sobre esta situação que, no limite, coloca em risco a permanência destes golfinhos no Sado – com todas as consequências que isso implicaria.

About the Author

By secretariado / Administrator, bbp_keymaster

Follow secretariado
on Dez 20, 2018