Desenvolveu a sua actividade profissional sempre em multinacionais e em áreas de actuação muito diversas, desde a produção de componentes electrónicos e sobressalentes para televisões até à indústria farmacêutica de onde saiu em 1995 para formar a sua própria empresa, a Mundiconvenius que se dedica em exclusivo à organização de congressos e reuniões.

A Mundiconvenius tem trazido para Portugal, e particularmente para a cidade de Lisboa, congressos de grande dimensão como foi o caso do Congresso da EADV em 2011 que reuniu 9.000 participantes e o Congresso da ESHRE em 2015 que trouxe a Lisboa cerca de 10.000 participantes e expositores.

Dedica o seu pouco tempo livre a cuidar da família e a viajar.